Minha Relação com a Corrida e tratamento da Ansiedade

Hoje muitas pessoas olham para mim correndo como se fosse somente um esporte ou um hobbye. Porém, para mim, a corrida é muito mais.

            Vou tentar contar um pouco sobre o meu histórico de relacionamento com a corrida, espero que seja motivador para você também que lê este blog e possa compreender também um pouco dos meus anseios e reações quando o assunto é corrida.

            Impossível falar em corrida sem falar de uma enfermidade que me acometeu em 2.008. Este ano para mim, foi um dos mais amargos da minha vida: angústia, tristezas sem fim, crises de pânico com direito a sensação de morte, tremores, dores no peito, fadiga, dificuldade de raciocínio, contração muscular, tonturas, ilusões ópticas, enfim, algo realmente perturbador principalmente pela extrema irritabilidade.

            Neste período passei por várias especialidades médicas, clinico geral, endocrinologista, hematologista (faltou um exorcista, mas isso não é especialidade médica) e, após muito relutar e por insistência da minha noiva @alinealmeida01, resolvi procurar uma psiquiatra (com muito preconceito, admito).

            Marquei a consulta, super inseguro fui lá, acreditando que ela não me entenderia ou que não conseguiria me expressar na amplitude dos meus sentimentos. Cheguei no consultório da minha Psiquiatra (Dra. Maria Paula Morelli Natal – excelente profissional), falei algumas coisas meio engasgadas e silenciei. Ela respeitou meu silêncio por um momento e começou a descrever tudo o que eu sentia, até mesmo nos itens omitidos por mim… assim que terminou veio o diagnóstico: Eu estava sofrendo de Ansiedade e Depressão. Foi receitado um antidepressivo e um ansiolítico.

           

Lembro que estávamamos prestes a entrar na Quaresma – início de 2009 – (para quem não sabe, é o período de 40 dias que antecedem a Páscoa) e fiz um propósito de tentar neste tempo começar a correr. Meus amigos, vocês nem imaginam (ou imaginam, sei lá) os benefícios que os primeiro trotes trouxeram para mim… a sensação de prazer causada pela endorfina parecia fazer tudo mais colorido e mais belo, me dava força, espantava a tristeza e me deixava mais disposto. Comecei a enxergar na corrida um instrumento de Deus para aliviar a minha vida… percebi que, cuidar do Templo de Deus que é meu corpo, me fazia muito bem.

            Partilhei este sentimento com a minha psiquiatra… ela muito sábia virou para mim e disse: O remédio, um dia você vai parar de tomar, mas, a corrida você NUNCA poderá deixar.

            A melhora em 2009 foi significativa. Coisas que tinha deixado de fazer comecei a retomar, porém, era tudo muito limitante.

            Em 2010 passei a levar a corrida mais a sério. Comecei a fazer uma dinâmica entre a minha vida de oração pessoal e minhas corridas. Deus sabe de tudo, sabe também o quanto a corrida me faz bem, prova disso são as inscrições que eu ganhei para participar das provas. Participei de 5 provas no ano de 2010, das quais 4 foram com inscrições ganhas. Sorte? Acredito que não (você leitor, pode não acreditar), para mim, essas inscrições ganhas foram presentes de Deus.

            No final de 2010 passei por uma consulta da qual minha médica decidiu reduzir minha medicação em 50%. Isso tem mais ou menos 1 mês e estou reagindo bem. O que realmente me assusta, é a possibilidade de me lesionar e ter que ficar muito tempo sem correr.

            Então, a corrida, para mim, não é só um esporte, não é somente um hobbye. É a possibilidade de eu ser uma pessoa melhor, um ser humano mais humano. Não afirmo que ela é a unica responsável pela minha melhora, mas, com certeza ajuda muito.

            Hoje dou essa receita para todos: Está se sentindo deprimido, triste, angustiado, irritado? Vá correr! Precisa tomar uma decisão importante? Faça isso depois de correr! Vai sair com sua esposa, noiva ou namorada? Corra antes (com certeza você será mais gentil, cordial e romântico).  A felicidade pós corrida é indescritível.

Anúncios

Sobre runnermarcos

Consagrado na Comunidade Missionária Católica Recado, corredor amador, estudante e trabalhador
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

18 respostas para Minha Relação com a Corrida e tratamento da Ansiedade

  1. Boa Marcão!!

    Muitas corridas para 2011 e sempre!!
    Abraço
    Colucci
    @antoniocolucci

  2. Grande Marcos!

    Parabéns pela melhora e, com certeza, Deus vai permitir que se livre da medicação logo, logo.

    A corrida entrou de outra forma na minha vida, por outros motivos, mas esse “controle” da ansiedade, e da irritabilidade, veio também, de brinde mas veio!

    Bora Correr!

  3. Assino embaixo de tudo que disse. Também sou extremamente ansioso e isso já me trouxe alguns problemas no passado. Hoje consigo controlar tudo bem melhor e raras as vezes que tenho de recorrer ao ansiolítico, antes meu melhor amigo. Abraço e continue firme e forte nas corridas!

  4. São muitas as bonitas histórias de verdadeiras transformações pessoais através da corrida. Parabéns pela sua, Marcos!

    Saúde sempre. E muitas corridas pra você!

    Abraço,

    Fábio

  5. Levi Luis disse:

    Pô! Muito legal o texto Marcos.
    A corrida muitas vezes tem várias facetas.
    Para alguns é superação, é luta contra o relógio, para outros o ganha-pão.
    No seu caso ela foi terapeutica. E que bom que surtiu efeito.
    Endorfina na veia é tudo de bom!
    Muitos Kms pra vc nessa jornada e que vc continue com a ajuda de Deus nos sorteios de inscrições em outras corridas por aí.
    Abçs,

    @leviluis

  6. Dart disse:

    Com certeza Marcos, corrida resolve tudo. Mas e quando ficamos ansiosos por conta da corrida? Hum ai ja e diferente.

    Abraços e adorei seu blog

  7. Adilson disse:

    Muito bom Marcos o teu texto! Pra mim também, sofro de ansiedade e me preocupo demais com o futuro, mas pratico a corrida regulamente, e isso me alivia 100% dos meus pensamentos negativos, parabéns pelo texto, Abraço e melhoras!

  8. MARLLY MUNIZ disse:

    Parabéns….voçe é um guerreiro…eu já passei por isso e sei exatamente o que lhe aconteçeu….mais a minha cura veio através de muitaaaaas orações muita fé…entreguei praticamente minha vida nas mãos do senhor..e logo recebi acura completa do meu ser…hoje posso dizer que sou muto feliz.

  9. Cisma disse:

    Vi o seu comentário num blog sobre ansiedade.
    Como sofro deste mal faz uns 10 anos e decidi hoje criar um blog onde podem conhecer meu passado com a doença e ver os meus planos de como combater tudo isto 🙂 Se quiserem acompanhar, passar lá, e deixar comentário com dúvidas ou sugestões, estão à vontade! Força!
    Vou seguir o teu blog 🙂

  10. Danilo Oliveira disse:

    Tudo isso e a pura verdade! Correr faz mt bem! Tenho, na verdade tinha ansiedade e encontrei na corrida uma ótima qualidade de vida!

    Mt bom o depoimento!

  11. bruno disse:

    Show de bola
    Também sofro com ansiedade e é notório o quanto as taquicardias nao me pertubam mais, fico leve e sereno o dia todo. Hoje corro/caminho 30 minutos por dia.
    Parabens pela sua melhora
    E obrigado pelo relato
    Só nós que temos os sintomas sabemos como nos sentimos nas crises.
    Abraços

  12. Salezio disse:

    Eu gostei do seu relato. Correr tbem me faz mto bem. A ansiedade vai embora na hora. A mente fica serena. Gosto de alongar antes e depois, correr em lugares diferentes e tomar uma agua de coco geladinha no final. Abraços a todos e mta paz.

  13. rodrigo disse:

    Tenho ansiedade, e tenho muita vontade de correr. Mas como posso correr se sinto muitas dores pelo corpo principalmente no peito e nas mandíbulas, você sentia essas dores? Se sim, como você fez para acabar com as dores e puder correr?
    Abraço, obrigado.

    • Juliana Barbosa disse:

      Essas dores são da ansiedade.Começe a correr bem devagar aos poucos suas dores irão acabar,experimente leve seu corpo ao limite,extravase toda a ansiedade na corrida no suor e verá maravilhas,passei tor tudo isso e estou vencendo a cada dia abraços Juliana.

  14. Alisson Felipe disse:

    cara que lindo sua história eu to assim pareço uma pilha, e é vdd nunca tinha parado pra pensa como temos que cuidar do nosso corpo por ser um templo de Deus…valew desejo td de bom pra tua vida

  15. Juliana Barbosa disse:

    A corrida mudou minha vida!

  16. Cleber disse:

    Primeiramente parabéns, pela superação e pela volta por cima.
    Também sofro deste mal e é bem isso mesmo que você relatou…Estou começando a correr…SAÚDE À TODOS.

  17. Néia disse:

    Me chamou a atenção primeiro perceber que você e religioso e católico de verdade, depois, creio que Deus me trouxe até este link porque estou passando por isso, uma ansiedade angustiante, e tenho sentido uma voz falar dentro de mim “vai correr”. Lendo o seu testemunho, confirmo no meu coração, que esta voz é a de Deus! Hoje mesmo eu vou correr!!!
    Deus abençoe! E que vc se supere todos os dias! Deus é nosso amigo fiel que nunca nos abandona! 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s